segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Júlio Cesar destaca que o momento é de recomeço para o Corinthians


Apesar de ter feito a sua melhor partida pelo Corinthians na vitória sobre o Palmeiras por 1 a 0, no Pacaembu, Júlio César destaca. “Não é momento de alegria, de dar risada, de sorriso, mas sim de recomeço”, sentencia, em entrevista ao programa Terceiro Tempo, da Band.

Para ele, mais do que ganhar do rival, serviu de estímulo para os próximos jogos do Campeonato Paulista. “Não é virada. É um recomeço. Tem que colocar os pingos nos is e começar tudo de novo”, destaca. “Hoje o time demonstrou que o grupo é forte”, disse. “Foi o melhor jogo meu, no momento mais importante que precisava”.

O goleiro festejou o momento. “Foi a minha melhor partida que eu fiz pelo Corinthians, pelo momento, importância, que o time precisava, pela fase que estamos passando”.

O camisa 1 do Corinthians comenta duas defesas que consideram fundamentais para evitar o empate. Uma no fim do jogo. “Sei que a bola não entrou no gol. Isso é importante. Defendi, a bola foi pro alto. Fui tentar subir, o Kleber veio no meu corpo eu subi na segunda bola, bateu na trave e voltou na minha mão. Importante é que a bola não entrou o e o Corinthians saiu vitorioso”.

Mas ele elegeu um outro momento do duelo para descrever a bola mais difícil. “Foi uma bola que o Kleber girou, bateu no meu corpo e a bola foi para fora”, lembrou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário